OCEMG / SESCOOP / MG

Notícias

13/06/2017
Governo anuncia R$ 190 bilhões para o Plano Safra 2017/2018

O presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, e demais lideranças do cooperativismo nacional, acompanharam no dia 7 de junho, o lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018, no valor de R$ 190,25 bilhões. O recurso anunciado no ano passado para o custeio da safra foi de R$ 202,88 bi, mas após o contingenciamento, o valor havia caído para R$ 185 bi.

Segundo o Ministério da Agricultura, além de elevar o valor disponível para o financiamento, o Plano Safra 2017/18 também terá juros menores, variando de 6,5% ao ano a 8,5% ao ano.

De acordo com o ministério, os R$ 152,15 bilhões serão destinados ao custeio e comercialização da produção, sendo que R$ 116,25 bilhões terão juros controlados e R$ 34,10 bilhões terão juros livres, que dependerão de negociação entre o produtor e a instituição financeira.

Já o valor destinado a investimentos é de R$ 38,15 bilhões. Também serão disponibilizados R$ 550 milhões para Seguro Rural.
Durante discurso no lançamento do plano, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, enfatizou que a agricultura foi o setor que garantiu a retomada do crescimento da economia brasileira no primeiro trimestre de 2017.

Taxas

Apesar da queda nos juros, o setor produtivo reclamou das taxas, principalmente diante do cenário de redução da Selic. Para o Sistema OCB, a taxa de juros no patamar de 8,5% ao ano indica a maior taxa de juros real de custeio das últimas 10 safras, ou seja, de 1,875%, contra média histórica de 1,84%.

Durante a coletiva, Maggi foi questionado sobre a política de juros do crédito agrícola, da qual ele reclamou em um evento na semana passada. Ele afirmou que "como ministro da Agricultura, quer sempre juros mais baixos", mas que ele integra um governo e que precisa conversar com o ministro da Fazenda, do Planejamento e do Banco Central.

O Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) terá juros de 7,5% ao ano e contará com R$ 21,7 bilhões. Já a taxa para os demais produtores será de 8,5% ao ano. No último Plano Safra, as taxas eram, respectivamente, de 8,5% para 9,5%.

O Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados e Colheitadeiras (Moderfrota) passa a contar com R$ 9,2 bilhões, com taxa de 7,5% ao ano. A taxa do Programa para Construção e Ampliação de Armazéns terá taxa de 6,5% ao ano.

Cooperativas agropecuárias

O Sistema Cooperativista aguarda a publicação dos normativos após reunião extraordinária do Conselho Monetário Nacional (CMN) realizada no dia 17/05 para analisar os possíveis impactos às cooperativas agropecuárias brasileiras.

(Portal: OCB)

PUBLICAÇÕES

SOBRE

O Sistema Ocemg é formado pela Ocemg, entidade de representação política e sindical patronal das cooperativas no Estado, e também pelo Sescoop-MG, responsável pelas atividades de formação profissional, monitoramento e promoção social do setor. Atua em benefício do crescimento e desenvolvimento do cooperativismo mineiro, orientando as cooperativas na busca por uma gestão cada vez mais eficiente, que impulsione o crescimento socioeconômico do Estado.

Este site é assinado por: Bhtec e:house
Sistema Ocemg        
Rua Ceará, 771 - Funcionários - Belo Horizonte-MG - CEP: 30150-311
Telefone: (31) 3025-7100